Como ser Piloto de corrida

10/01/2015 19:23

Existem mil maneiras de tornar-se um piloto, boa parte delas caríssima e fora do alcance da maioria das pessoas. Para começar, um curso de pilotagem de Fórmula (monoposto) ou Turismo (carros de rua adaptados), cujo diploma dá direito à carteira da CBA (Confederação Brasileira de Automobilismo), não sai por menos de R$ 4.000,00. Competir nas diversas categorias também não é barato. Mas há a Clássicos de Competição, uma categoria que preza a pilotagem " no braço", nada de computadores ou dispositivos auxiliando o piloto. Injeção eletronica não tem, aqui é carburador que alimenta o motor e o piloto que controla 100% do carro. A corrida é um evento de uma grande família, onde todos se ajudam e tudo acaba numa grande festa.

Antes de ser um piloto, é preciso ser bom motorista, conhecer seu carro e como utilizar seus recursos. Para correr na Clássicos é necessário a filiação junto a FASP ou Liga Desportiva como piloto de Competição. O custo da carteira da FASP é R$ 1;060,00 e da Liga Desportiva R$ 100,00.

 

   
Formato: 19 etapas confirmadas para 2016, sendo 10 em Interlagos e 9 em Piracicaba, incluindo as 100 milhas que é uma corrida imperdível.
Quanto Custa: A partir de R$ 2.200,00 por etapa o aluguel do carro com equipe e pista.
Habilidade Exigida: Conhecimento de pilotagem é desejavel
Informações contato@classicosdecompeticao.com

Várias equipes tem os mais variados carros para alugar. Você pode escolher um fusca, gol, voyage, zé do caixão, um corcel ou quem sabe um topolino.

São elas:

MI Motors

Wessler Racing

Shelby Motors

LF Competições

Race Tech Motors

 

Sinta um pouco da emoção de estar ao volante de um clássico de competição clicando nos links abaixo:

50 milhas de Piracicaba

 

7ª Etapa de Piracicaba

 

 

 

7ª Etapa de Interlagos

 
 

 

 

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!